Imagem1.png

docências

estudos

e... e... e...

grupos de pesquisa

atuação em associações

ações educativas/culturais

estudos

Escola Normal

Colégio Santa Dorotéia

 

No Normal estudei Lowenfeld em sua edição espanhola com d. Raquel Guimarães Alves que era mãe de minha colega Maria Bernadette. Criamos o projeto “Escolinha Colorida” que trazia oficinas de Arte para crianças do antigo curso primário. Era uma turma inovadora. Imaginem que a beca era azul turquesa!

mirian 1.jpg
mirian 2.png

Licenciatura em Desenho e Plástica

Faculdade Santa Marcelina

 

Depois de seis meses na FAAP em período de muitas mudanças fui para a FASM. No Centro Acadêmico e rodeada de boas amizades que se conservam, organizamos muitas viagens como mostra a foto do Diário de Minas. 

kisspng-computer-icons-pdf-computer-file

Mestrado

Escola de Comunicações e Artes

ECA/USP.

 

Época de muito aprendizado. Aluna de Ana Mae, Heloisa Ferraz e Paulo Freire e colegas incríveis. Cheguei ao mito do bom desenho e trabalhei com metáforas visuais e textos também visuais. Era 1992.

Dissertação:

“Não sei desenhar” - Implicações no Desvelar/Ampliar do Desenho na Adolescência 

mirian 3.png
mirian 4.png
mirian 5.png
mirian 6.png

Doutorado

Faculdade de Educação - FE/USP

 

Com muito orgulho fui a primeira e única doutoranda de Mariazinha Fusari. Fui aluna de Nilson Machado, Marli Andrés, Selma Pimenta além de outros, convivendo com muitas inquietações e colegas maravilhosas.

Na pesquisa, trago depoimentos de Fernando Hernández e Regina Silveira refletindo sobre projetos de artistas e de educadores. Era 1999.

Tese:

ARTE - o seu encantamento e o seu trabalho na educação de educadores: a celebração de metamorfoses da cigarra e da formiga    

kisspng-computer-icons-pdf-computer-file

docências

docencia 1.jpg

4º. Ginásio Estadual de Santo Amaro, hoje Escola Estadual Profª Maria Petronila Limeira dos Milagres Monteiro.

Ganhei o desenho feito de Masao Ukon de casamento. Nele aparece a antiga escola, Maria Antonia Massao que era sua esposa e minha colega, junto com Vera Ligia Gibert, nesta primeira experiência na escola pública. Meus alunos entrevistaram Julio Guerra, escultor do “Borba Gato”

No Curso de Arte e técnicas decorativas na Lareira dois grandes desafios: dar aula de Comunicação Visual em 1971 quando só tínhamos o livro de Arnheim em edição espanhola; e dar aulas para alunas bem amis velhas que eu e com enorme bagagem cultural. Uma boa aprendizagem de lecionar para e com adultos.

docencia 2.png
docencia 3.png

FASM – Faculdade Santa Marcelina. Voltei para esta casa primeiro como monitora e depois como professora, chegando a coordenar o Curso de Educação Artística

Espaço pedagógico
Um espaço voltado à formação de educadores coordenado por Madalena Freire, Juliana Davini, Fátima Camarfo e Mirian Celeste Martins. 

docencia 4.png
docencia 5.png

Instituto de artes
UNESP
No espaço do Ipiranga, a entrada no Curso de Educação Artística e de Bacharelado em Artes Visuais e também como docente da Pós-graduação.  Participação em projetos de ensino e do Cine Signos. Lá se inicia em 2003 o Grupo de Pesquisa Mediação / Arte / Público.

Universidade Presbiteriana Mackenzie
Contribuindo para a abertura do Doutorado no Programa de Pós-graduação em Educação, Arte e História da Cultura e na docência no curso de  Pedagogia. Líder dos Grupos de Pesquisa Mediação cultural: contaminações e provocações estéticas/GPeMC e Arte na Pedagogia/GPAP, iniciados em 2009 e 2012 respectivamente e que seguem até hoje. 

docencia 6.png

atuação em associações

1.png

InSEA – International Society od Education through Art

Conselheira Mundial para a América Latina (2018-2021)

FAEB – Federação de arte-educadores do Brasil

1ª. secretária (1989-1992)

2.png
3.png

ANPAP – Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas

AESP – Associação de arte-educadores do Estado de São Paulo

Presidente (1987-1989) (Hoje associação está em suspensão)

WhatsApp Image 2021-02-26 at 19.23.56.jp

grupos de pesquisa

Imagem1.jpg

Originou-se no Instituto de Artes/UNESP sob a liderança de Mirian Celeste Martins como Grupo de Pesquisa Mediação arte/cultura/público (2003) participando de congressos nacionais e internacionais, duas publicações (2005 e 2007) e o evento - [con]tatos com mediação cultural: ciclo de conversações - no SESC/Pinheiros em São Paulo (2007). Em 2009, integrando a Pós-graduação em Educação, Arte e História da Cultura inicia-se este grupo que tem apresentado pesquisas em congressos nacionais e internacionais, publicou dossiê na Revista TRAMA Interdisciplinar (2013) e os livros Pensando juntos a mediação cultural: [entre]laçando experiências e conceitos (Ed. Terracota, 2012 e 2018) e dois e-book resultantes dos Simpósios Internacionais Formação de Educadores em Arte e Pedagogia (Terracota, 2018 e 2019). Encerrou em 2020 a pesquisa “Conexões mediadoras: arte, cultura, vida e formação de educadores” voltada ao pensamento rizomático e implicações em pesquisas, curadorias educativas e arte contemporânea imersas no giro educacional e inicia nova pesquisa internacional em 2021: "Formação de professores em e com arte/culturas".

•Líder: Mirian Celeste Martins (UPM)

•Vice-líder: Estela Maria Oliveira Bonci (FAM)

Imagem23.png

Originou-se no Instituto de Artes/UNESP sob a liderança de Mirian Celeste Martins como Grupo de Pesquisa Mediação arte/cultura/público (2003) participando de congressos nacionais e internacionais, duas publicações (2005 e 2007) e o evento - [con]tatos com mediação cultural: ciclo de conversações - no SESC/Pinheiros em São Paulo (2007). Em 2009, integrando a Pós-graduação em Educação, Arte e História da Cultura inicia-se este grupo que tem apresentado pesquisas em congressos nacionais e internacionais, publicou dossiê na Revista TRAMA Interdisciplinar (2013) e os livros Pensando juntos a mediação cultural: [entre]laçando experiências e conceitos (Ed. Terracota, 2012 e 2018) e dois e-book resultantes dos Simpósios Internacionais Formação de Educadores em Arte e Pedagogia (Terracota, 2018 e 2019). Encerrou em 2020 a pesquisa “Conexões mediadoras: arte, cultura, vida e formação de educadores” voltada ao pensamento rizomático e implicações em pesquisas, curadorias educativas e arte contemporânea imersas no giro educacional e inicia nova pesquisa internacional em 2021: "Formação de professores em e com arte/culturas".

•Líder: Mirian Celeste Martins (UPM).

•Vice-líder: Jéssica Makino (USP-Ribeirão Preto).

WhatsApp Image 2021-02-26 at 19.03.27.jp
Formação-de-educadores.png

Simpósio Internacional de 
Formação de Educadores em 
Arte e Pedagogia

Formação-de-educadores-2.png

ações educativas/culturais

Imagem3.png
Imagem4.png

Projeto Ambiências Educadoras:

a formação inicial de professores para além da escola

 

Iniciado em 2019 e envolvendo estudantes do Curso de Pedagogia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, o projeto articula as disciplinas de Arte, Educação Física, Letramento, Educação Infantil, Língua Portuguesa, Geografia e História.

Midiateca

Instituto Arte na escola

 

Co-coordenação do projeto da Midiateca articulando 160 documentários em uma estrutura rizomática com cartografias em material educativo.

http://artenaescola.org.br/midiateca/

Imagem5.jpg
Imagem6.png

Por trás da cena

Petrobrás Cultural

 

Co-coordenação do material educativo constituído de 2 documentários, dois cadernos e seis postais

https://projetoportrasdacena.wordpress.com/

Imagem9.jpg
Imagem8.jpg
Imagem7.png

Brasil + 500

Mostra do Redescobrimento, 2000

Parque do Ibirapuera/SP

 

A exposição ocupou três edifícios do  Parque do Ibirapuera/SP com mais de 15.000 obras. Co-coordenação da Ação Educativa que envolveu os Mediadores, a produção de cursos de 12h para 1500 professores, Sala do Professor e publicação de material educativo para professores (2 cadernos e 30 pranchas) e Catálogo do Aprendiz de Arte para estudantes e um catálogo em Braile, além da coordenação do agendamento com 30 ônibus de apoio. Percorreu outras capitais, além de Buenos Aires. 

Parade - 1901-2001

Oca/Parque do IbirapueraSP

 

Co-coordenação do Programa Educativo envolvendo os mediadores, cursos para professores e Jogos para o Aprendiz de Arte.

Imagem10.png
Imagem10.jpg

25ª Bienal de São Paulo

Fundação Bienal/Parque do Ibirapuera/SP

 

Co-coordenação do Programa Educativo envolvendo os mediadores, cursos para professores, Sala do Professor.

4ª. Bienal do Mercosul

Porto Alegre/RS, 2003

 

Coordenação do Programa Educativo envolvendo os mediadores, cursos para professores, Sala do Professor e publicação de material educativo para professores (1 caderno e 20 pranchas) e Catálogo do Aprendiz de Arte que foi publicado como suplemento dominical pelo jornal Zero Hora.

O tesouro dos mapas: a Cartografia na Formação do Brasil. Instituto Cultural Banco Santos, 2002

 

Co-coordenação do Programa Educativo envolvendo os mediadores, cursos para professores e Catálogo do Aprendiz de Arte.

Imagem11.jpg
Imagem11.png

Albert Eckhout

Instituto Cultural Brennand

Recife, 2002

Imagem12.png

De Volta à Luz: Imagens nunca vistas do Imperador

Instituto Cultural Banco Santos, 2003

Imagem15.jpg
Imagem16.jpg
Imagem14.png

Darwin

Instituto Sngari, 2003

Imagem13.png

 Imagem e identidade:

um olhar sobre a história.

Instituto Cultural Banco Santos, 2003

e-mail.png